Blog Redução de Peso

Uma enfermeira filipina em seu trabalho na linha de frente da pandemia: NPR


As enfermeiras estão entre as exportações mais procuradas das Filipinas. Um líder na cidade de Nova York conquistou seus colegas com um desempenho que eleva o moral e orientou profissionais de saúde domiciliares.



JULIE MCCARTHY, BYLINE: Uma maca soa …

(SOM DA VIRAGEM DEPLOYING)

MCCARTHY: … No Presbyterian Queens Hospital, na cidade de Nova York.

(SOM AMBIENTE SÍNCRONO DA ESTAÇÃO DE ENFERMEIRAS)

MCCARTHY: Kym Villamer está sentada no posto de enfermagem entre a equipe convocada por sua segunda família. Sua família real está a meio mundo de distância, nas Filipinas, onde ele se lembra de uma infância conturbada. Aos 10 anos, os pais de Villamer a deixaram, a caçula de sete anos, para ir para os Estados Unidos.

KYM VILLAMER: Antes disso, ele dormia em seu quarto. Oramos juntos antes de ir para a cama. E dessa vez, fiquei arrasado ao vê-los partir.

MCCARTHY: Ela teve o visto negado pela Embaixada dos Estados Unidos para viajar com a mãe e o pai, mas ela diz que eles cumpriram a promessa de telefonar todos os dias e enviaram para casa muitos presentes para uma filha que ansiava pelos pais. Ele passou a entender a compensação.

VILLAMER: Que foi uma decisão difícil que eles tiveram que tomar para, você sabe, fornecer um futuro melhor para nossa família. Agora que estou mais velha, acho que é uma das melhores decisões que já tomaram.

MCCARTHY: Durante o longo período sem os pais, Villamer abriu caminho até as portas da St. Elizabeth’s University, a escola para meninas mais velha do sudeste da Ásia, desde o ensino médio até a pós-graduação. Com a aprovação dos pais, Villamer ficou sozinho aos 14 anos. Ela diz que as freiras a chamam de velha alma com instintos de sobrevivência.

VILLAMER: Trabalhei como voluntário em diferentes organizações escolares. Eu me juntei à equipe de debate. Entrei para o clube de jovens escritores. Eu era dançarina. Eu era cantora. Me distraí.

MCCARTHY: Campeão dos debates, Villamer imaginou uma carreira como advogado. Mas sua mãe, que trabalhava em três empregos na América, emitiu um decreto.

VILLAMER: De repente, minha mãe disse, você vai ser enfermeira. E eu perguntei a ele por quê? É o seu passaporte para o sonho americano. E ela me ameaçou também. Não vou pagar sua faculdade se você não se tornar enfermeira. Então eu disse tudo bem. Bom (risos).

MCCARTHY: Villamer voltou para St. Isabel’s (ph) e se formou em uma profissão que agora é sua paixão.

VILLAMER: Quem não pode se apaixonar por uma profissão que lhes permite passar tanto tempo com esses pacientes nos momentos mais sombrios de seus dias e também passar os últimos momentos de suas vidas quando a família não está por perto? Quem não consegue se apaixonar por uma profissão tão bela como essa?

MCCARTHY: O coronavírus está relativamente sob controle na cidade de Nova York. O Presbyterian Queens Hospital disse ao NPR que sua destemida vanguarda (ph) salvou mais de 2.000 pacientes com COVID-19. Villamer diz que, para ela, entrar no quarto de um paciente foi o suficiente para superar seu medo do vírus.

VILLAMER: Você se esquece de COVID e tudo que você vê são seres humanos que precisam de você.

MCCARTHY: Villamer tornou-se cidadã americana no ano passado, mas mantém suas raízes filipinas. Aproveitando uma rede de colegas, ele arrecadou dinheiro e suprimentos para os colegas da linha de frente que precisavam urgentemente de EPIs em casa, chegando a 27 cidades e municípios.

VILLAMER: Eu amo minha vida aqui, mas reconheço o fato de que não é fácil para as pessoas que deixei para trás.

MCCARTHY: A equipe do Presbyterian Queens se destaca não apenas em cuidar dos pacientes, mas também entre si. Durante o auge da pandemia, Villamer se juntou a um colega e cantou para pacientes e funcionários estressados, performances que se tornaram um ritual diário.

(SOM SÍNCRONO DE GRAVAÇÃO ARQUIVADA)

VILLAMER: (cantando) Vamos levantar. Nós vamos nos levantar.

PESSOA NÃO IDENTIFICADA: (Cantando) Vamos levantar.

MCCARTHY: Julie McCarthy, NPR News.

(SOM SÍNCRONO DE GRAVAÇÃO ARQUIVADA)

PESSOA NÃO IDENTIFICADA: (Vocalizando).

VILLAMER: (cantando) Vamos levantar.

AILSA CHANG, HOST:

E essa era Julie McCarthy da NPR relatando sobre enfermeiras filipinas que estão na linha de frente da pandemia do coronavírus.

(SOM SINCRONO DE “BRISE” DE HANS-JOACHIM ROEDELIUS)

Copyright © 2020 NPR. Todos os direitos reservados. Visite o nosso site termos de uso e permitem páginas em www.npr.org para maior informação.

As transcrições NPR são criadas em um prazo urgente antes Verb8tm, Inc., um contratante da NPR e produzido usando um processo de transcrição proprietário desenvolvido com a NPR. Este texto pode não estar em sua forma final e pode ser atualizado ou revisado no futuro. A precisão e a disponibilidade podem variar. O registro autorizado da programação NPR é o registro de áudio.



Este artigo foi escrito em Português do Brasil, baseado em uma matéria de outro idioma. Clique aqui para ver a matéria original. Se desejar a remoção desta publicação, entre em contato no email cc@reducaodepeso.com.br.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *