cervical cancer,female reproductive system,Girl's Health,gynecology,Health Blog,HPV,hysterectomies,menstrual cycle,menstruation,Ovarian Cancer,uterine cancer,women health,Women's Health

Uma discussão sobre cirurgias ginecológicas com a Dra. Sabhyata Gupta – Credihealth Blog


Em conversa com a Dra. Sabhyata Gupta para compartilhar seus pontos de vista e responder a algumas de nossas perguntas. Dra. Sabhyata Gupta é chefe do Departamento de Ginecologia e Oncologia Ginecológica do Medanta The Medicity. Ela é a primeira mulher a realizar uma cirurgia ginecológica robótica para doenças ginecológicas benignas e cancerosas na Índia.

Cirurgias ginecológicas com Dra. Sabhyata Gupta

Fizemos a ela algumas perguntas e ela respondeu a todas elas muito gentilmente. Então, sem perder nada, dê uma olhada.

Pergunta 1. Você foi a primeira mulher a realizar uma cirurgia ginecológica robótica para doenças ginecológicas benignas e cancerosas na Índia. Você refletiria sobre a experiência e seus desafios?

RespondaNa verdade, é uma boa experiência ter o monopólio de qualquer setor. Mas, na cirurgia ginecológica robótica, uma incisão muito pequena é feita no paciente, de modo que a recuperação é mais rápida. No entanto, a cirurgia é feita da mesma forma que a cirurgia aberta.

A diferença entre a cirurgia aberta e a cirurgia invasiva é o tamanho da incisão. O tempo de recuperação e a dor são muito menores nas cirurgias robóticas, em comparação com a cirurgia aberta. Após esse tipo de cirurgia, os pacientes podem retomar suas atividades diárias com muito mais rapidez. No geral, é uma forma de trabalhar muito satisfatória.

Fale sobre o desafio: é um processo muito caro. Então, de agora em diante, é o custo que incomoda os pacientes.

Pergunta 2. Durante abril de 2019, surgiram notícias de que mulheres no distrito de Beed, em Maharashtra, estavam se submetendo a histerectomias para evitar o trabalho porque não podiam perder salários. Quais são os impactos desses casos na saúde? O que você gostaria de dizer a essas mulheres?

RespondaBem, uma mensagem forte deve sair de que histerectomias não são a solução para todos os problemas ginecológicos. Essas pessoas precisam ir ao médico, para serem atendidas. Isso ocorre porque muitas coisas também podem ser tratadas com medicamentos, sem qualquer cirurgia.

As pessoas devem entender que as cirurgias também têm seus efeitos colaterais. Alguns pacientes precisam de histerectomia, mas nem todos os pacientes precisam. Portanto, eles também podem lidar com isso clinicamente.

Questão 3. Qual é o maior desafio que você enfrenta ao receber uma paciente que necessita de cirurgia ginecológica?

Responda: Os médicos não enfrentam muitos desafios nesses termos. Mas sim, às vezes, quando um paciente apresenta informações anteriores, fica muito difícil para os médicos explicar os fatos científicos da doença para ele. Por informação anterior, quero dizer quando o paciente e sua família já consultaram um médico do google. Isso se torna um desafio para o ginecologista esclarecer todas as dúvidas e explicar o real fato por trás da condição.

Questão 4. Existe uma nova tendência mundial. As mulheres agora podem optar por interromper a menstruação usando anticoncepcionais hormonais e DIU. Os especialistas argumentam que não há razão médica para as mulheres menstruarem. Quais são suas opiniões sobre este assunto?

Responda: Menstruação é um fenômeno muito psicológico. Geralmente é um ciclo doloroso e se incomoda por algum motivo, é melhor ir ao médico e fazer um checkup. Eles dirão se você precisa de medicação ou apenas tem que fazer alguns exercícios. Eles podem fornecer a solução certa para o seu problema.

Porque não há um único medicamento que possamos dizer é 100% de certeza. Todos os medicamentos têm alguns efeitos colaterais. Alguns medicamentos podem causar efeitos colaterais na pessoa “A” e podem não ter efeitos colaterais na pessoa “B”. É por isso que é muito importante que sempre que formos usar algum medicamento, tenhamos certeza de usá-lo com sabedoria.

Questão 5. Como a cirurgia ginecológica robótica definiu os benefícios para a saúde de pacientes e médicos?

Responda: Como já mencionamos, a cirurgia ginecológica robótica é um tipo de cirurgia minimamente invasiva. Portanto, as incisões são pequenas, a recuperação é rápida e o paciente sente muito pouca dor. Mesmo a perda de sangue é muito menor em cirurgias de ginecologia robótica. Isso ocorre porque o médico pode ver a visão ampliada ou o tipo de percepção 3D. Portanto, parece muito com o que a cirurgia aberta se parece.

Os instrumentos que usam são muito flexíveis e seu movimento é muito bom. Então, juntando tudo, a cirurgia ginecológica robótica é melhor do que a cirurgia aberta.

Pergunta 6. Quais são as principais causas de câncer relacionadas ao sistema reprodutor feminino? A higiene é a única coisa que importa?

Responda: Quando falamos sobre câncer ginecológico, queremos dizer câncer uterino, câncer de ovário, câncer cervical, câncer vulvar e muito mais. Como todos sabemos, o câncer cervical pode ser prevenido, mas a incidência é muito alta. Infecção por HPV é a principal causa de câncer cervical e vulvar. Sua história familiar também contribui para isso.

Existem certos fatores predisponentes, como obesidade, hipertensão, diabetes e imunossupressão. A higiene, é claro, também é importante para a saúde geral. Se a higiene não for boa, há uma chance maior de atrair doenças e infecções.

Ler: 5 Um fato sobre o câncer de ovário que toda mulher deve saber?

Dicas para meninas

O PCOD é um dos problemas mais comuns hoje. As moças devem ter um bom estilo de vida, fazer exercícios e gozar de boa saúde. Eles também devem optar pelas vacinas disponíveis desde o nascimento até a idade adulta. Sempre que eles têm um problema ginecológico, é melhor visite um médico. O ginecologista irá orientá-lo da melhor maneira.

Veja o artigo completo da série #CrediTalk aqui.

Sobre o médico

Dra. Sabhyata GuptaDra. Sabhyata Gupta é uma renomada ginecologista e presidente da Divisão de Ginecologia e Oncologia Ginecológica da Medanta -Medicina, Gurgaon. Ele tem uma rica experiência de 29 anos em seu campo. Dra. Sabhyata Gupta, a primeira mulher na Índia a realizar cirurgia ginecológica robótica para doenças ginecológicas benignas e cancerosas.

Para um compromisso prioritário ou mais informações, entre em contato conosco em +91 8010994994 ou marque uma consulta com o Dr. Sabhyata Gupta aqui –

Marque uma consulta



Este artigo foi escrito em Português do Brasil, baseado em uma matéria de outro idioma. Clique aqui para ver a matéria original. Se desejar a remoção desta publicação, entre em contato no email cc@reducaodepeso.com.br.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *