Blog Redução de Peso

Quase metade dos pais discute com os avós sobre a criação de seus filhos



Em famílias onde os avós passam mais tempo com os netos, 43% dos pais das crianças relatam confrontos com os avós sobre as decisões dos pais e as regras da casa. No topo da lista de conflitos estão as discordâncias sobre disciplina (observadas por 57 por cento dos pais), refeições e lanches (44 por cento) e tempo de TV e tela (36 por cento), de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde Infantil da Universidade de Michigan. Foi uma amostra nacionalmente representativa de 2.016 pais com pelo menos um filho de 18 anos ou menos. Quando se trata de disciplina, 40% dos pais dizem que os avós são muito tolerantes, mas 14% dizem que são muito rígidos. Outras áreas de desacordo citadas pelos pais incluem boas maneiras, questões de saúde e segurança, hora de dormir, casos de tratamento diferente de alguns netos de outros e publicação de fotos e informações sobre os filhos nas redes sociais. Os pais dizem que as divergências às vezes decorrem de mudanças nas práticas parentais, uma vez que os avós tinham filhos pequenos, como não bater, colocar bebês para dormir de costas em vez de de bruços ou usar assentos elevatórios para mais tempo do que no passado. Os resultados são mistos quando os avós foram solicitados a mudar seu comportamento, com os pais dizendo que 47% mudaram, 36% concordaram em mudar, mas não o fizeram e 17% recusaram. Cerca de 15 por cento dos pais dizem que limitaram o tempo que os avós passam com os netos porque contradiziam ou interferiam nas decisões dos pais.



Este artigo foi escrito em Português do Brasil, baseado em uma matéria de outro idioma. Clique aqui para ver a matéria original. Se desejar a remoção desta publicação, entre em contato no email cc@reducaodepeso.com.br.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *