cbd products,federal law,General Health,Guest Articles,hemp,marijuana

Lei dos EUA e CBD, é legal? – Blog Credihealth


O fato de você estar lendo isso significa que ainda tem dúvidas sobre o CBD. Se você ainda não tem certeza sobre a legalidade da CBD, você veio à página certa. Nosso foco principal neste artigo é explicar as razões pelas quais a CBD é legal e em que condições. Este artigo o ajudará a compreender as diferenças entre a maconha e o cânhamo, bem como as diferenças entre o CBD e o THC.

Saber tudo o que foi dito acima nos ajudará a nos aprofundar nos detalhes da legalidade e também lhe dará conselhos sobre o uso de Produtos CBD. Antes disso, daremos dicas que você deve seguir antes de comprar qualquer produto de CBD para você ou seu animal de estimação. Mas, vamos começar dando uma breve explicação sobre o CBD.

O canabidiol ou CBD é um dos canabinóides encontrados nas plantas de cannabis. Junto com o THC, eles são os canabinóides mais ativos da cannabis e ambos têm inúmeros benefícios para humanos e animais. O mercado de CBD é muito rico e está crescendo rapidamente, o que o torna um produto futuro interessante. Muitos especialistas na área acreditam que o mercado de CBD será uma indústria multibilionária antes de chegarmos a 2025. Você pode conhecer o CBD por suas propriedades terapêuticas e benefícios à saúde para humanos, bem como animais de estimação.

Há uma grande investigação em andamento para revelar mais CBD e trazer mais benefícios que pode oferecer. Porém, nosso foco neste artigo não é explicar os distúrbios de saúde que o CBD pode combater e controlar. Em vez disso, queremos nos concentrar em dar mais detalhes que tenham a ver com a legalidade da CDB. Mais precisamente, explicaremos as diferenças entre os derivados ilegais e legais da cannabis.

As diferenças entre cânhamo e maconha

A cannabis pode ser de muitos tipos, com 3 grupos principais de famílias que conhecemos. Estamos falando de Cannabis Sativa, Cannabis Indica e Cannabis Ruderalis, mas vamos nos aprofundar na família Sativa. Cannabis Sativa é muito importante para explicar as diferenças porque tem duas variedades em nome de cânhamo e maconha. Ambas as cepas contêm CBD e THC, mas diferem na porcentagem deles, ou melhor, na concentração de THC e CBD. Como sabemos, a maconha pode conter mais de 30% de THC e não mais de 10% de CBD. Por outro lado, o cânhamo pode conter mais de 25% de CBD e menos de 0,3% de tetrahidrocanabinol ou THC. A baixa quantidade de THC ou a ausência de THC é o fator chave ou decisivo que decide a legalidade dos derivados de cannabis.

As diferenças entre CBD e THC e a lei federal

Acima explicamos as diferenças entre o cânhamo e a maconha em termos de concentração de CBD e THC. A partir daí, podemos avançar para a lei e explicar o que diz a lei federal. De acordo com a lei federal dos Estados Unidos, derivados de cannabis como o cânhamo que contêm menos de 0,3% de THC são legais. Sob este regulamento simples, canabinóides de cânhamo como o CBD podem ser vendidos sem problemas. Esse tipo de regra é igual na maioria dos países dos Estados Unidos e é semelhante a outros países do mundo. A partir daqui, podemos entender por que o cânhamo pode ser legal e por que a maconha não é. Mas, precisamos esclarecer mais uma coisa, pois ainda não sabemos por que as concentrações de CBD e THC decidem a legalidade.

Tanto o CBD quanto o THC têm inúmeras propriedades terapêuticas que podem ajudar tanto humanos quanto animais. Mas o THC é o canabinóide que dá à cannabis sua propriedade psicoativa. O THC é psicoativo, fazendo com que os usuários se tornem viciados e “chapados”. Compreendendo isso, chegamos à conclusão de que o THC pode ajudar, mas também pode causar danos e efeitos negativos, como o vício. O CBD, por outro lado, não causa dependência e só oferece efeitos positivos sem o risco de efeitos colaterais.

Para saber mais sobre os produtos CBD, Clique aqui.

O cânhamo e o CBD são legais?

Explicamos muitas coisas anteriormente e esperamos que você tenha uma ideia completa sobre legalidade. Nossa explicação deve dar a você uma ideia mais clara sobre os produtos de CBD. Resumindo, o CBD é legal na maioria das vezes, mas você precisa verificar as leis de seu país. Dizemos isso porque ainda existem países que ainda não regulamentaram as leis sobre a cannabis.

Em conclusão, recomendamos que você visite seu médico antes de usar qualquer produto com CBD. Desta forma eliminará todas as dúvidas que possa ter e também em conjunto com o seu médico poderá decidir a dose inicial.

Aviso Legal: As declarações, opiniões e dados contidos nestas publicações pertencem exclusivamente aos autores e colaboradores individuais e não à Credihealth ou ao (s) editor (es).

Ligar +91 8010-994-994 e fale com os especialistas médicos da Credihealth para LIVRE. Obtenha ajuda para escolher o médico especialista e a clínica certos, compare o custo do tratamento de vários centros e atualizações médicas oportunas

Solicitar retorno de chamada



Este artigo foi escrito em Português do Brasil, baseado em uma matéria de outro idioma. Clique aqui para ver a matéria original. Se desejar a remoção desta publicação, entre em contato no email cc@reducaodepeso.com.br.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *