Diet,endocrinology,Health Blog,hyperthyroidism,hypothyroidism,hypothyroidism diet,Superfoods,thyroid,thyroid diet

A melhor dieta para hipertireoidismo e hipotireoidismo


A glândula tireóide, uma glândula em forma de borboleta, desempenha um papel importante na regulação de vários processos metabólicos ao longo do dia. Um paciente que sofre de doenças da tireóide, as experiências afetaram a eficiência desta glândula. Existem vários distúrbios, todos com efeitos diferentes na glândula tireóide. Quando a glândula tireoide produz mais do que a quantidade necessária de hormônios da tireoide, ocorre o hipertireoidismo. Mais frequentes do que não, hipertireoidismo é agravado pelo consumo excessivo de iodo ou sal. No entanto, alguns fatores também são responsáveis ​​pelo desencadeamento do hipotireoidismo no corpo. É por isso que é importante seguir uma dieta de hipotireoidismo infalível. Com isso dito, também vamos entrar em contato com um plano básico de dieta hipertireoidiana.

O que é hipotireoidismo ou hipertireoidismo?

Para entender o mecanismo de uma dieta para hipotireoidismo, ou mesmo um plano de dieta para hipertireoidismo, primeiro vamos entender o que essas condições envolvem.

1. Hipotireoidismo

O hipotireoidismo é uma condição na qual a glândula tireoide é incapaz de produzir hormônios tireoidianos suficientes. Os hormônios tireoidianos ajudam a garantir o crescimento gradual e o metabolismo adequado do corpo humano. Portanto, as pessoas com hipotireoidismo às vezes podem sentir resfriados, fadiga e ganho de peso.

2. Hipertireoidismo

Ao contrário do hipotireoidismo, o hipertireoidismo é uma condição em que os pacientes apresentam aumento da frequência cardíaca, pressão alta e tremores nas mãos. Essa condição desencadeia a produção excessiva de hormônio da tireoide, que é prejudicial ao corpo.

Como uma dieta com hipertireoidismo ou hipotireoidismo ajuda com a doença?

Uma dieta para hipotireoidismo ou um plano de dieta para hipertireoidismo podem não ajudar diretamente no tratamento dessas condições. No entanto, esses planos de dieta são a melhor maneira de um paciente com essa condição obter os nutrientes adequados e evitar alimentos prejudiciais. Por exemplo, no caso de hipertireoidismo dieta, o paciente deve reduzir significativamente a ingestão de iodo. Considerando que, é o oposto no caso de hipotireoidismo. Aqui estão as vitaminas, minerais e nutrientes essenciais básicos para um paciente com cada uma das doenças da tireóide.

Ler sobre: Sintomas da tireoide em homens e mulheres.

Vitaminas e minerais necessários em A Dieta para hipotireoidismo

1. Iodo

O iodo é necessário para uma dieta hipotireoidiana porque as pessoas com deficiência de iodo estão mais sujeitas ao risco de desenvolver uma condição hipotireoidiana. Embora existam alguns suplementos disponíveis no mercado, os médicos recomendam consumir apenas iodo na forma de sal de cozinha que é usado para preparar a comida diária.

2. Zinco

O zinco ajuda a ativar as glândulas tireoides e a produzir as quantidades necessárias de hormônios tireoidianos. Comer alimentos ricos em zinco ajudará a melhorar as condições do paciente.

Vitaminas e minerais necessários em A Dieta para hipertireoidismo

1. Ferro

A deficiência de ferro é uma das principais causas do hipertireoidismo. Além disso, o ferro também é importante para outras funções vitais do corpo. O ferro transporta oxigênio através das células sanguíneas para todas as partes e órgãos do corpo.

2. Zinco

Como no caso do hipotireoidismo, os pacientes com hipertireoidismo também precisam de alimentos ricos em zinco.

3. Cálcio e vitamina D

O cálcio e a vitamina D também são essenciais para uma dieta hipertireoidiana. O cálcio e a vitamina D ajudam a melhorar a saúde óssea.

A melhor dieta para hipertireoidismo

Aqui estão alguns dos alimentos incluídos em uma dieta hipertireoidiana.

1. Bagas

Frutas de todos os tipos, como morangos, mirtilos e framboesas, têm um impacto poderoso porque são ricas em antioxidantes, que mantêm o sistema imunológico forte. Comer uma porção de frutas vermelhas todos os dias é benéfico para pacientes com hipertireoidismo.

2. Brócolis

O brócolis faz parte da família goitrogens. Adicionar brócolis à dieta pode ajudar a diminuir a quantidade de hormônio tireoidiano produzido pela glândula tireoide.

3. Iogurte ou outros produtos lácteos adequados

O enfraquecimento dos ossos é um efeito comum do hipertireoidismo que pode levar à osteoporose. Consumir laticínios como iogurte, leite ou queijo pode ajudar a manter os níveis de cálcio no corpo.

A melhor dieta para hipotireoidismo

Aqui estão todos os alimentos adequados para uma dieta hipotireoidiana.

1. Ovos

Um conjunto contém uma quantidade suficiente de iodo e selênio. Além disso, a clara do ovo é rica em proteínas.

2. Carnes

Todos os tipos de carne, incluindo cordeiro e frango, são adequados para uma dieta hipotireoidiana.

3. Peixe

O peixe é rico em ácidos graxos ômega-3 e vitamina D e B-12. Portanto, peixe ou marisco é um bom complemento para uma dieta para hipotireoidismo,

4. Iogurte ou outros produtos lácteos adequados

Como o hipertireoidismo, o enfraquecimento ósseo também ocorre em pacientes com hipotireoidismo. Consumir laticínios como iogurte, leite ou queijo pode ajudar a manter os níveis de cálcio no corpo.

Para levar

É muito fácil perder de vista o que você põe no estômago. Porém, com pequenos ajustes, é bastante conveniente fazer um plano de dieta. Por exemplo, pode-se comer pão sem glúten com ovos no café da manhã, salada de frango no almoço e frango cozido com vegetais e arroz no jantar no caso de uma dieta hipotireoidiana.

Uma das melhores maneiras de acelerar a recuperação é garantir que seu corpo esteja obtendo os nutrientes adequados dos alimentos que você ingere.

Ligue para + 91-8010-994-994 e fale com os especialistas médicos da Credi para LIVRE. Obtenha ajuda para escolher o endocrinologista certo para o seu tratamento.

Solicitar retorno de chamada



Este artigo foi escrito em Português do Brasil, baseado em uma matéria de outro idioma. Clique aqui para ver a matéria original. Se desejar a remoção desta publicação, entre em contato no email cc@reducaodepeso.com.br.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *